Livro: Pobre Não Tem Sorte

Apesar do título se encaixar perfeitamente em minha vida… Posso dizer que tive sorte com esse livro, pois além de ele ser tão fofo, ter feito eu lê-lo em 1 dia, ainda ganhei 2 exemplares hiihihihih. Fora os marcadores que são tão lindos, que vocês puderam ver aqui.

Sinopse: Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo? E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido? E se tal “casinha dos sonhos” for um mega apartamento no melhor bairro da cidade? Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele! E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo. E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe… Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc. Mas isso só dura até um dia em que Mariana… Bom, leiam o livro e descubram. 

|Autora: Leila Rego| Editora: All Print| Páginas: 208|
|Tempo de leitura: 1 dia | Comprar: Saraiva|
Quando eu tive o livro em minhas mãos fiquei olhando ele lá tão gracinha, delicado e pequeno, achei uma pena colocar ele mais para traz da pilha de livros a ler, né? E como eu ando meio cansadinha esses dias, e o livro atual que eu já estava lendo é daqueles de 400 e poucas páginas, o que gera praticamente um dia de academia aos meus braços, resolvi pegar esse e ler logo. E quando vi não consegui largar até chegar a página final, e poxa eu preciso de mais (o que em breve já teremos, pois a Leila escreveu lá no twitter dela que saí em dezembro!).
Confesso que estava com expectativas lá no alto com esse livro, mas eu esperava um livro mais divertido do que dramático. Ok. Não sei se eu que já vejo drama em tudo, e choro até por um folha caindo da árvore…. 
Digo que ele atendeu a tudo muito bem.
A Mari é totalmente L-O-U-C-A!!! Ela é a outra irmã perdida da Becky Bloom ou pior ihihihih. Eu sei que eu gasto muito, mas essa parte da minha vida é bem controlada ehehehehehe. Mas a questão da Mari nem são os gastos propriamente ditos, ela idealiza um tipo de vida e precisa viver esse tipo de vida, simples assim. O problema que para isso ela precisaria ser rica, e ela não é, e como vemos nos acontecimentos do livro “Pobre não tem Sorte”. Ela quase chegou lá. E eu ainda a acho bem sortuda. 
Eu morro de dó e de angústia quando leio algo do tipo do homem abandonar a mulher antes do casamento, durante o casamento, no parto ou sei lá o que… eu fico tentando imaginar isso acontecendo comigo… sério eu nem tenho idéia como superar isso. OMG! Mas, para meu alívio, a Mari não é tão romântica… o desespero dela era mais para outra coisa.
Achei as pessoas meio injustas com a Mari.. eu acho que aquilo de ser mimada e fresca não é bem a explicação para o que ela é.. eu sei porque as pessoas tem mania de falar isso para mim também.. mas eu não sou como a Mari e ai? Eheheh e não me qualifico dessa forma também.. pelo menos não 24h por dia. Chorei tanto no final… pois parecia que estava sendo dito para mim. Apesar de pobre não ter sorte, a Mari pelo menos teve uma amiga, que falou as verdades para ela, e se manteve ao lado dela. Ah e também tem um Edu esperando por ela…. é realmente ela reclama demais é uma mimada!! Rs rs rs.


Promoções rolando no blog:
– 6 “marcadores de livros”(até dia 11/10)
– Livro “Perfeitos” (até dia 20/11)

Click Here to Leave a Comment Below

TOP