1889 – Laurentino Gomes

Depois de uma longa espera, tivemos o lançamento do livro 1889. Eu não pude esperar e logo comprei o livro. O problema era que estava em um período problemático para leituras e ainda tinha a bienal no caminho. Até comecei a ler, mas eu estava sem o momento adequado que um livro do tipo necessita.

Pelo que percebi, a maioria das pessoas não curtem história. Elas na verdade são desde crianças levadas a aceitar isso. História é chata e ainda se já passou qual motivo de ter que estudar ou ler sobre isso? Estupidamente eu também era assim, ainda bem que superei essa fase. Demorei, mas superei. E talvez o mundo seria melhor se mais gente também pudesse mudar de opinião.

Só pude recuperar meu foco para o livro, já no final de 2013 e isso foi bom, pois a leitura pode ser melhor aproveitada como ela realmente merece. Os livros 1808 e 1822 são super favoritos. Eles abriram meus olhos para algo tão básico e que eu nem tinha muita noção ou paciência que é a nossa história aqui do Brasil. Todo brasileiro reclama do país, da violência, corrupção e essa distruibuição de riqueza totalmente inexistente. Mas afinal qual motivo de ser assim? Precisa ter uma origem para isso e não foi necessariamente por sermos descobertos pelos portugueses e tudo o mais. E se estamos há 125 anos longe de qualquer domínio ou ‘cultura’ portuguesa…. esse tempo foi curto para algum tipo de melhoria no país? Alguém consegue enxergar realmente alguma grande mudança? Eu digo mudança lá no topo… quem está mesmo no poder age muito diferente do anterior?

Livro 1889

Apesar de ser um livro bem resumido ele aponta uma boa parte do que precisamos saber. Ou em todo caso onde poderemos procurar mais sobre. 1889 foi mais ‘parado’ que os demais, mas também por ter ainda mais relevância e pessoas importantes que acabaram contribuindo para o golpe lá da proclamação da república.

Não posso deixar de comentar que me emocionei ainda mais com ele, quando chega o triste momento da narração e os últimos momentos de D. Pedro II. Lembro que eu havia chorado bastante quando Pedro foi abandonado ainda criança aqui no Brasil, era quase impossível não se imaginar no lugar dele. Imagina você nessa idade e como teria se sentido? E o mesmo agora já com uma idade avançada, sendo expulso do país que sempre viveu e amou. E suas últimas palavras, lembranças, guardar até um pouco da terra aqui, foi realmente muito triste ler isso.

E da tristeza a revolta ao ler o comportamento de alguns que são tratatados como heróis. Mesmo que naquela epoca eles agissem assim por acreditarem naquilo, não significa que estavam certos. Sempre tive uma aversão por militares, não sei de onde veio isso, mas ao ler 1889 posso ter achado um pouco dessa explicação. Espero que o controle não seja perdido novamente e vá parar nas mãos dos militares… é até interessante em ver como eles conseguiram foi perder o poder. Quer dizer dá para entender, o que não dá é como deixaram isso acontecer? Talvez seja pela forma de poder extremista e isso só ‘funciona’ lá no oriente médio ou algo assim.

E um ciclo se encerra ao final de 1889. E a certeza da situação atual país estar no comportamento e atitude de todos envolvidos com o poder, tanto na frente quanto nos bastidores.

Click Here to Leave a Comment Below

TOP